Psicólogas discutiram em live a proteção social básica no SUAS

A Live com as psicólogas Helena Lima e Laila Souza

Os psicólogos mineiros participaram ontem de manhã de uma live organizada pela Comissão de Orientação da Psicologia na Política de Assistência Social, da Sub-Sede Norte de Minas do Conselho Regional de Psicologia, quando discutiu a proteção básica no Sistema Único da Assistência Social (SUAS), quando avaliaram a professora Helena Lima, do Ministério Publico do Rio de Janeiro falou sobre a politica de assistencial social e dos benefícios que os usuários têm direito e que os psicólogos precisam entender que ao fazer a concessão não está fazendo por caridade ou assistencial, mas sim pela via do direito.

A iniciativa foi tomada pensando na possibilidade de orientar os profissionais psicólogos que atuam no SUAS, o CRP através da Comissão de Orientação da Psicologia na Política de Assistência Social promoveu esse encontro com o tema "A atuação da(o) psicóloga(o) na proteção social básica: um olhar sobre a concessão de benefícios eventuais", com o intuito de fortalecer a atuação neste campo de atuação, auxiliando assim no compromisso com o fazer e demarcando a identidade profissional dentro deste trabalho no SUAS. Agregando conhecimento mais prático relacionado com a realidade social que permeia a sua atuação.

Helena Lima abordou aspectos relevantes sobre a atuação, dos trabalhadores do SUAS, apontando sobre as metodologia de trabalho perpassado no planejamento e na construção que permeia o território vinculado a história dos sujeitos/usuários inseridos na Política de Assistência Social. Apontou ainda sobre as atribuições no trabalho das equipes de referência do SUAS, a importância da escuta qualificada da realidade social em que este usuários estão inseridos. O encontro promoveu uma discussão sobre o fazer profissional, e o quanto temos que demarcar esse lugar em relação a identidade profissional, avançando em discussões e ações. (GA)