FERIADÃO DE CARNAVAL | Estradas e cidades da região com reforço no policiamento

Pelotão de trânsito da 11ª Cia PM Ind MAT participou do evento

Seguem até a próxima Quarta-feira de Cinzas, dia 14, as operações das Polícias Militar (PM) e Rodoviária Federal (PRF), que estão sendo deflagradas nas estradas e cidades do Norte de Minas, durante o feriado prolongado de Carnaval.

As ações tiveram start oficial na manhã dessa sexta-feira (9), durante uma blitz educativa, realizada no ainda posto de atendimento da PRF na BR-135. Participaram do evento representantes do Departamento de Edificações e Estradas e Rodagens (DEER) e do Grupo de Apoio a Prevenção e aos Portadores da Aids (Grappa).

De acordo com o tenente Ednei Ferreira, da 11ª Companhia da Polícia Militar Independente de Meio Ambiente e Trânsito, durante os seis dias de operação a corporação vai realizar diversas ações para garantir a segurança dos foliões, seja em locais de eventos e também nas rodovias, onde policiais utilizarão etilômetros na operação Lei Seca.

“Este ano vamos aumentar nossa capacidade em cerca de 50% no número de aparelhos, para intensificar e tirar de fato possíveis condutores embriagados que coloquem em risco sua vida e a vida de terceiros”, explicou. Além dos radares fixos já conhecidos nas estradas da região, as equipes de Polícia Rodoviária Estadual utilizarão radares móveis. “Queremos flagrar aqueles condutores que excedem o limite de velocidade permitida pelo trecho [fiscalizado]”.

Desde julho de 2017 respondendo também por parte da cobertura da BR-135, quando houve a estadualização de diversas rodovias federais, a companhia, segundo o tenente, já se adequou a nova demanda de trabalho. “Está sendo um desafio. Essa BR concentra o maior fluxo de veículos do Norte do Estado”.

A expectativa automática de aumento no fluxo de veículos nas estradas do Norte de Minas é de 30% e ainda assim a companhia espera manter baixos os índices de acidentes. “Nossa meta em termos de acidente e infrações sempre vai ser o zero, que é o plano ideal, mas nós sabemos que na prática eles acontecem. Vamos somar todos nossos esforços para prevenirmos e ao final desse período temos certeza que o resultado será positivo”, finalizou Ferreira.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a corporação vai intensificar as fiscalizações nesse feriado e enfatizar as ações feitas rotineiramente pela corporação. A região de Montes Claros terá o reforço de policiais oriundos de outras regiões do país. Fiscalizações de alcoolemia estarão entre as prioridades da PRF no Carnaval 2018.

“Vale lembrar que dirigir sob influência de álcool é uma infração gravíssima punida com suspensão do direito de dirigir por doze meses e multa de R$2.934,70. A multa também será aplicada ao condutor que se negar a fazer o teste no etilômetro”, divulgou a PRF em nota.

Por medida de segurança, dado o grande aumento no fluxo de veículos, haverá ainda, nas rodovias em rodovias federais de pista simples, a restrições de tráfego de bitrens, rodotrens, treminhões, cegonheiras carregadas e de veículos com cargas excedentes. Nessa sexta-feira (9) a proibição aconteceu entre 16h e 22h; neste sábado (10), será de 6h às 12h; na terça-feira (13), das 16h às 22h; e na quarta-feira (14), de 6h às 12h.

CIDADES | Nas 77 cidades sob a responsabilidade da 11ª Região da Polícia Militar (RPM), a operação Carnaval 2018 terá o empregado diário de aproximadamente 1.200 policiais militares, inclusive dos que atuam na atividade administrativa, além dos alunos do Curso de Formação de Soldados.

O reforço, segundo a RPM, vai proporcionar “a segurança dos norte mineiros e seus visitantes, por meio da manutenção da ordem pública, sistematizando ações eficazes de prevenção de crimes contra a pessoa e contra o patrimônio, além das atividades relacionadas ao meio ambiente e à caça e pesca predatórias”.

Na quinta-feira (8), em ações pré-Carnaval nas 77 cidades a 11ª RPM prendeu 18 suspeitos, fiscalizou 1.883 veículos, lavrou 125 Autos de Infração de Trânsito e apreendeu 73 veículos, oito armas de fogos, 600 gramas de maconha e 28 pedras de crack. Os resultados das operações devem ser divulgados ainda no final da próxima semana.

Policiais rodoviários federais aplicaram teste com etilômetros durante a ação