Guarda Municipal se prepara para usar armas de fogo

Fotos: VICENTE ALBERTO

A Guarda Civil Municipal de Francisco Sá completa dois anos, depois de criada através da Lei 1702/2018 e tem como uma das próximas metas o treinamento e testes de aptidão, inclusive psicológico, para o porte de armas de fogo. “Já temos autorização do prefeito para celebrarmos convênio com a Polícia Militar, que viabilizará o nosso treinamento. Assim, teremos mais segurança, melhores condições de trabalho e poderemos oferecer um serviço de maior qualidade à população”, ressalta o coordenador da Guarda, Antônio Marcos Ursino,

Na época da criação, o serviço era de zelar pelos bens, equipamentos e prédios públicos era atribuição de vigilantes, que exerciam as funções de forma precária: não possuíam uniformes, nem equipamentos de proteção individual (EPI) e artefatos para defesa, como spray de pimenta, bastão tonfa e algemas. Os vigilantes passavam até por constrangimentos, pois sem uniformes ou identificação, chegavam a ser abordados pela polícia nas noites e madrugadas. A situação mudou a partir de 2018. Passando a integrar a recém-criada Guarda Civil Municipal, 20 agentes receberam uniformes, equipamentos e capacitação ministrada pela Polícia Militar para manuseio do bastão tonfa, bem como técnicas de mobilização, uso de algemas e defesa pessoal.

Anteriormente, os aspirantes ao cargo passaram por testes de aptidão física, mental e psicológica e exames de saúde médico/toxicológico. A Guarda Municipal possui, dentre outras atribuições, zelar pelos bens e prédios públicos, colaborar com os órgãos de segurança (Polícias Civil e Militar), exercer funções no trânsito, dentro das competências que a lei estipula, deter e encaminhar à Polícia Civil autores de delitos, quando necessário, auxiliar na segurança dos grandes eventos no município, bem como na proteção de autoridades.

Além do fardamento completo e equipamentos de proteção, a Guarda Municipal de Francisco Sá conta com três viaturas: um Fiat Uno e um Pálio, disponibilizados pela Prefeitura e um Chevrolet SPIN, doado pela Câmara Municipal, através de Projeto de Lei do então presidente do Legislativo, Levi Pereira Neto. Todos os veículos são devidamente padronizados, com plotagem específica e giroflex. O coordenador da Guarda, Antônio Marcos Ursino, explica que, desde o ano passado, foram instaladas câmeras de segurança em diversos pontos da cidade, como Parque dos Namorados, Unidade de Pronto Atendimento (UPA), escolas, Rodoviária, Oficina Municipal, garagem de ônibus, etc.

A transmissão das imagens acontece em tempo real para um telão instalado na sede da Guarda. “Temos inclusive câmeras para monitoramento de canteiros de obras. Isso nos auxilia na prevenção de vandalismos, furtos e depredações”, explica o coordenador.   Todos os equipamentos foram adquiridos com recursos próprios da Prefeitura. (VICENTE ALBERTO – Colaborador)

A Guarda Municipal
Fotos: VICENTE ALBERTO