Homem é morto a facadas e corpo é jogado em matagal

 

A polícia encontrou o corpo de um homem de 36 anos em um matagal, nesse domingo (12). A ex-namorada dele foi presa suspeita de envolvimento no homicídio e dois jovens, de 17 e 22, foram detidos por ajudarem na ocultação do cadáver.

O crime foi na madrugada da última sexta-feira (10) e a PM recebeu denúncias de que a mulher teria atraído a vítima para a casa do autor, no Bairro Santa Clara, onde ele foi morto com facadas e marteladas. O autor do crime, de 35 anos, ainda não foi preso.

De acordo com o boletim de ocorrência, inicialmente a mulher disse que não sabia onde a vítima estava, mas depois confessou que havia sido procurada pelo autor na sexta-feira. Ela alegou que o homem contou que matou Wilhan Luiz dos Santos com facadas e marteladas enquanto os dois consumiam cocaína. A mulher disse ainda que o autor teria pago R$ 100 para que os dois jovens transportassem o corpo em um carro.

A polícia continuou as diligências e localizou os dois rapazes. O jovem de 22 anos negou envolvimento no crime e o adolescente confessou que eles colocaram o corpo no porta-malas e ocultaram nas proximidades de uma estrada vicinal. O veículo foi apreendido e encaminhado para um pátio credenciado ao Detran.

A perícia foi acionada e liberou o corpo para o IML. Os três suspeitos foram encaminhados à delegacia e o caso será investigado pela Polícia Civil.