Justiça condena mulher a seis anos de cadeia por prática de aborto, em Montes Claros

Na última terça-feira (3) uma mulher, 57 anos, foi condenada a seis anos de cadeia por prática de abordo, em Montes Claros. Além desse processo, Zilmar Maria dos Santos ainda responde a outros três pelo mesmo motivo. No julgamento, um homem que teria levado a namorada grávida, na época do crime com 16 anos, para que Zilmar realizasse um aborto foi condenado a cinco anos de prisão. A pena do homem, por aborto não consentido, teve os agravantes de motivo torpe e dissimulação. Segundo a Justiça, os dois condenados recorrerão em liberdade.

Na foto, de outubro de 2013, Zilmar (a primeira da esquerda para a direita) aparece algemada durante uma operação da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil de Montes Claros, quando uma suposta clínica de aborto, que seria de responsabilidade dela, foi fechada. O ‘estabelecimento’ improvisado estaria funcionando em uma residência do bairro José Carlos Vale de Lima. À época, a Gazeta teve acesso a um registro de ocorrência, no qual constou que Zilmar estaria cobrando uma ‘taxa’ de R$500,00 para realizar os procedimentos ilegais.

 

Agência dos Correios é alvo de bandidos armados, em Salinas

Funcionários de uma agência dos Correios de Salinas foram assaltados, na noite de terça-feira (3). Segundo a Polícia Militar, o estabelecimento fica no Centro da cidade. As vítimas, de 30 e 50 anos, trabalhavam e foram rendidas por dois bandidos armados com revólveres. Depois de anunciar o assalto e ameaçar as vítimas de morte, os bandidos roubaram todo o dinheiro dos caixas e fugiram. O valor roubado não foi divulgado pelas vítimas e os marginais não foram localizados.

 

Reconhecido por imagens de câmeras de segurança, marginal é preso por assalto

 

 

Na terça-feira (3), a Polícia Militar também de Salinas prendeu um homem, de 31 anos, por suspeitas de envolvimento dele em um assalto e com o tráfico de drogas. Segundo a polícia, a ocorrência teve início depois que uma denúncia anônima revelou que um supermercado da rua José Martins dos Anjos, bairro São José, havia sido assaltado. Para a polícia as vítimas revelaram que um ladrão usando capacete e portando uma arma de fogo roubou R$300,00 em dinheiro.

Baseados nas imagens do circuito interno de segurança do estabelecimento os policiais identificaram o ladrão, que já seria conhecido nos meios policiais por envolvimento com o tráfico de drogas. Os militares foram até a casa do suspeito, onde ele foi capturado depois de tentar fugir ao perceber a presença policial.

Aos policiais o homem assumiu a prática do crime e revelou o local onde havia escondido a motocicleta utilizada no crime. O veículo estava em uma residência vizinha, onde a arma usada na ação criminosa também foi apreendida. Ainda segundo a PM, o dinheiro roubado foi encontrado na casa do ladrão. Durante a operação os militares localizaram ainda três papelotes de cocaína e duas buchas de maconha. Além disso, a moto foi apreendida. O ladrão foi entregue para providências da Polícia Civil.