Polícia Civil prende mulher que estaria recendo dinheiro para permitir abusos sexuais das filhas

Tio e sobrinha, de 60 e 31 anos, foram presos nessa quinta-feira, pela Polícia Civil de Montes Claros, por suspeitas de estupro de vulnerável e exploração sexual infantil. O detalhe é que as vítimas, de 12 e 13 anos, são filhas da mulher presa. Segundo a polícia, ela estaria recebendo 50 reais para permitir que as duas filhas tivessem relações sexuais com o tio avô delas, de 60 anos. Os crimes estariam acontecendo há dois anos na zona rural da cidade sempre aos finais de semana. Em novembro passado a vítima, de 13 anos, deu à luz uma criança e a polícia vai investigar se o idoso preso é o pai. Se condenados, os suspeitos podem pegar penas superiores a 25 anos de cadeia.

A cobertura completa dessa ação policial você lê na edição desta sexta-feira da Gazeta Norte Mineira, versões impressa e online. (Foto: Junior Mendonça)