Verdelândia | 16 pessoas são detidas e 89 galos apreendidos em rinha

Foto: POLÍCIA MILITAR

Em uma rinha, na zona rural de Verdelândia (MG), a Polícia Militar apreendeu 89 galos e prendeu 16 pessoas. De acordo com a PM, os militares foram ao local depois de uma denúncia anônima. Ao chegarem, várias pessoas fugiram correndo para dentro de uma área de mata. Entre os abordados, estavam o dono do sítio, que também tinha a função de árbitro da rinha. A PM acredita que mais de 60 pessoas estavam no lugar, já que havia 35 carros e 25 motos estacionados.

“Esse tipo de ocorrência, geralmente, envolve muitas pessoas, portanto é de alta complexidade e temos que contar com a possibilidade de haver enfrentamento. Nesse sentido, fizemos levantamentos para planejar a melhor foram de agir, maximizando a execução da operação, que ocorreu sem riscos e sem resistência”, explica o tenente Alisson Soares de Souza.

Segundo a PM, o lugar contava com uma estrutura composta por três arenas e 88 compartimentos onde os animais eram colocados. Duas pessoas ficavam na porta para vigiar a chegada da polícia. O sítio fica a oito quilômetros da cidade.

Onze militares da Polícia Militar de Meio Ambiente participaram da ação, que contou também com o apoio de dois policiais e de uma van de Janaúba.

“Na porteira já havia uma pessoa com foguetes, que atuava como olheiro e poderia avisar caso a polícia chegasse. A estrutura é muito bem elaborada, uma das arenas tinha iluminação. Havia também serviço de bar e alimentação. Pelo cenário que encontramos, o local é usado frequentemente”, destaca o tenente.

Muitas das aves apreendidos tinham ferimentos em várias partes do corpo. No sítio, os policiais ainda apreenderam uma lista com os confrontos que iriam acontecer, uma balança para pesar os animais e R$118. O material e os conduzidos foram encaminhados para a delegacia da Polícia Civil de Janaúba.

Foto: POLÍCIA MILITAR