Ministério Público averigua falta de água no Ibituruna

O Ministério Público abriu investigação sobre a falta de água na parte alta do bairro Ibituruna, em Montes Claros. O promotor Felipe Gustavo Gonçalves Caires, da Curadoria do Consumidor, recebeu abaixo assinado de mais de 40 moradores daquela parte da cidade denunciando que ficaram mais de 15 dias sem água, sem nenhum esclarecimento da Copasa, concessionária do serviço de água e esgoto. A empresa estatal mineira, a princípio, explicou que a falta de água em todos os bairros localizados na parte alta é provocada pelo uso exagerado dos moradores da parte baixa. Por isso, desde segunda-feira foi iniciada uma nova estratégia, em modelo piloto, na busca de solução. O modelo foi testado durante três dias.

Mais detalhes na edição de amanhã do Jornal Gazeta Norte Mineira, versões impressa e online. (Foto: Girleno Alencar)